STI - Secretaria de Tecnologia da Informação

 

A Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) planeja, coordena e supervisiona a gestão da tecnologia da informação na DPU. Acompanha os processos de trabalho da Defensoria Pública-Geral da União e das Unidades na área. Propõe diretrizes e normas, bem como estabelece critérios, parâmetros e modelos a serem adotados em tecnologia da informação.

Secretário de Tecnologia da Informação: Osmar Quirino da Silva
Secretário substituto: Cassio de Paula Cunha
Telefone: (61) 3318-4387
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Coordenações

Coordenação de Governança e Gestão | Luiz Eduardo Martins | 3318-4385

  • Divisão de Gerenciamento e Estrat. e Contratos
  • Divisão de Projetos de Tec. da Informação
  • Divisão de Planejamento e Procedimentos | Florângela Cunha Coelho | 3318-0208

Coordenação de Infraestrutura Tecnológica | Cassio de Paula Cunha | 3318-4369

  • Divisão de Ativos de Infraestrutura
  • Divisão de Gerencia e Segurança de Redes
  • Divisão de Monitoramento e Gerenciamento de Incidentes
  • Divisão de Infraestrutura de Aplicações e Banco de Dados
  • Divisão de Suporte de Apoio ao Usuário
  • Divisão de Telecomunicações
  • Núcleo de Apoio ao Usuário

Coordenação de Engenharia de Software

  • Divisão de Arquitetura de Sofware
  • Divisão de Qualidade e Teste de Software
  • Divisão de Desenvolvimento de Software

Regimento

SUBSEÇÃO VI

DA SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Art. 61. À Secretaria de Tecnologia da Informação compete:
I. planejar, coordenar e supervisionar as atividades de gestão da tecnologia da informação no âmbito da DPU, e propor diretrizes e normas, estabelecer critérios, parâmetros e modelos a serem adotados na execução dessas atividades;
II. dirigir e acompanhar os processos de trabalho conduzidos por suas coordenadorias e monitorar a qualidade, a efetividade e a agilidade dos serviços prestados pelas unidades da Secretaria;
III. atender às necessidades demandadas pelas áreas da DPGU e promover o aconselhamento de seus dirigentes em matérias afetas a gestão da tecnologia da informação;
IV. promover a segurança da comunicação e da informação na DPGU e nos demais órgãos da DPU;
V. coordenar a gestão da tecnologia da informação no cumprimento da missão institucional da DPU e a integração da organização com seus cidadãos-usuários, sociedade, fornecedores e parceiros.

Art. 62. A Secretaria de Gestão da Informação é responsável pela condução do macroprocesso de trabalho de gestão da tecnologia da informação.

Art. 63. O macroprocesso de gestão da tecnologia da informação compreende as seguintes atividades:
I. planejar, coordenar e orientar as ações relativas à tecnologia da informação, desenvolvimento de sistemas, suporte técnico e orientação às áreas e usuários da de telemática da DPU;
II. coordenar a aquisição de software e serviços correlatos, sistemas de informação e bancos de dados, redes de comunicação, segurança da informação, suporte e relacionamento com o usuário de serviços e produtos de tecnologia da informação;
III. elaborar e implementar estratégias e diretrizes de tecnologia da informação para a DPU;
IV. identificar as necessidades de sistemas de informação e a racionalização dos recursos de tecnologia da informação;
V. orientar e coordenar o processo de planejamento e distribuição de recursos de tecnologia da informação para as unidades centrais e descentralizadas da DPU;
VI. coordenar o planejamento e direcionamento tecnológico no âmbito da DPU;
VII. elaborar e coordenar o processo para determinar as prioridades de investimento em Tecnologia da Informação, no âmbito da DPU;

Art. 64. O macroprocesso de gestão da tecnologia da informação está subdividido nos seguintes processos de trabalho:
I. gerenciamento de bancos de dados e de sistemas;
II. suporte técnico e atenção ao usuário;
III. gerenciamento da rede, comunicação e infraestrutura;
IV. gerenciamento de procedimentos operacionais.

Art. 65. Os processos de gerenciamento de banco de dados e de sistemas compreendem as seguintes atividades:
I. executar as atividades de administração de banco de dados e de desenvolvimento, implantação, manutenção corretiva e preventiva dos sistemas administrativos e apoio aos usuários no âmbito da DPU;
II. implantar os métodos, processos, técnicas, normas e padrões para o desenvolvimento e manutenção de sistemas de informação da DPU;
III. supervisionar os serviços de desenvolvimento e manutenção de sistemas e de gestão de banco de dados;
IV. gerenciar os projetos de desenvolvimento de sistemas de informação na DPU;
V. realizar estudos e elaborar a modelagem de dados com vistas à criação e implantação de sistemas administrativos no âmbito da DPU;
VI. gerenciar e executar a instalação, customização e integração dos sistemas de informação adquiridos ou desenvolvidos na DPU;
VII. desenvolver os requisitos para sistemas de informação na DPU;
VIII. gerenciar o desenvolvimento, implantação e manutenção das ferramentas tecnológicas do portal da DPU na web;
IX. acompanhar o desenvolvimento, os testes, a homologação e a implantação dos sistemas de informação executados por empresa contratada para esse fim, juntamente com a área solicitante;
X. acompanhar o funcionamento dos sistemas em produção na DPU, visando garantir produtividade, integração de serviços/sistemas e redução de custos de produção;
XI. implantar e propor alterações na política de acesso e gerenciamento do ambiente de banco de dados para a DPU;
XII. definir e gerenciar as ferramentas de apoio à administração de dados e de banco de dados na DPU e estabelecer normas para o seu uso;
XIII. padronizar os processos e fluxos operacionais dos serviços de dados e bancos de dados da DPU;
XIV. definir e manter atualizado o modelo de dados corporativo para facilitar a integração dos bancos de dados dos sistemas de informação;
XV. elaborar procedimentos de backup e de recuperação (“recovery”) dos bancos de dados da DPU, estabelecendo cronogramas de execução;
XVI. selecionar e validar tecnologias de gestão de dados e bancos de dados, a serem adotadas na DPU.

Art. 66. Os processos de trabalho de suporte técnico e de atenção ao usuário compreendem as seguintes atividades:
I. gerenciar o suporte técnico, a instalação, a configuração, os testes e a manutenção do ambiente de microcomputadores na DPU;
II. prestar atendimento aos usuários da DPU na utilização de software básico, sistemas de informação e aplicativos;
III. realizar a instalação de hardware e de software na rede de computadores da DPU;
IV. definir as especificações técnicas para subsidiar a aquisição de novos equipamentos de informática na DPU;
V. realizar levantamento das necessidades dos clientes de microinformática e providenciar soluções;
VI. realizar inventários nos computadores da DPU, para controlar a configuração e o uso de software homologados nos microcomputadores dos usuários;
VII. gerenciar o serviço de atendimento e suporte técnico de informática na DPU;
VIII. diagnosticar problemas de microinformática, de forma a subsidiar as manutenções;
IX. manter cadastro dos equipamentos de informática de propriedade da DPU testar e distribuir os equipamentos de informática adquiridos pela DPU.

Art. 67. O processo de trabalho de gerenciamento da rede, comunicação e infraestrutura, compreende as seguintes atividades:
I. acompanhar e avaliar a operacionalização dos recursos de tecnologia da informação existentes, providenciando a adoção de meios para sanar deficiências detectadas;
II. gerenciar e operar os equipamentos de rede e servidores da DPU;
III. monitorar o desempenho da rede de comunicação, com base nos parâmetros definidos pela COINF/DPGU, visando garantir o uso eficaz desses recursos na DPU;
IV. supervisionar as atividades de manutenção das estações de rede de computadores;
V. instalar, controlar e configurar versões de softwares de infra-estrutura;
VI. estabelecer normas e procedimentos para o uso da rede de comunicação;
VII. executar os procedimentos de proteção dos servidores contra acesso não autorizado;
VIII. implantar e manter procedimentos de segurança para proteger a rede de comunicação de dados da DPU;
IX. elaborar e manter o plano de contingência de tecnologia da informação da rede DPU;
X. orientar e gerenciar a implantação, a manutenção e a operação dos dispositivos de segurança relativos aos sistemas informatizados;
XI. administrar os recursos de hardware e software da rede;
XII. elaborar os projetos de cabeamentos lógicos e físicos de rede, bem como realizar testes de conectividade em redes locais;
XIII. implantar o plano de infra-estrutura tecnológica no âmbito da DPU;
XIV. implantar a política de segurança da rede de comunicação na DPU;
XV. prestar assessoramento à implantação de redes locais no âmbito das unidades descentralizadas, assegurando a sua interligação à rede de comunicação de dados da DPU;
XVI. prover e manter os serviços de conectividade (redes WAN e LAN), Internet e mensageria;
XVII. definir e manter a operacionalidade da infra-estrutura de processamento de dados da Defensoria;
XVIII. propor normas e procedimentos para guarda e manutenção da integridade do equipamento de informática e inviolabilidade dos dados da DPU;
XIX. supervisionar a execução pelos órgãos de atuação da DPU nos Estados e no Distrito Federal das normas e procedimentos referidos no inciso anterior.

Art. 68. O processo de trabalho de gerenciamento dos procedimentos operacionais compreende as seguintes atividades:
I. elaborar, adequar e monitorar os procedimentos operacionais padrões na área da Tecnologia da Informação para a instalação e configuração de equipamentos na rede da DPGU;
II. elaborar projetos de tecnologia da informação para implantação nas unidades da DPU;
III. implantar, no âmbito da DPU, a gestão de tecnologia de informação por meio de processos padronizados, documentados e divulgados;
IV. definir e propor os requisitos mínimos para as atribuições funcionais da área de tecnologia da informação no âmbito da DPU;
V. elaborar o planejamento para instalação de ambientes computacionais e serviços de tecnologia da informação nas unidades da DPU;
VI. avaliar e propor alterações nos padrões para hardware, software e infra-estrutura de redes, no âmbito da DPGU;
VII. definir e gerenciar a garantia de qualidade para os processos, produtos e serviços de tecnologia da informação no âmbito da DPU;
VIII. definir os padrões e processos para a aquisição de software e serviços correlatos na DPU;
IX. monitorar as tendências de negócio nos ambientes de tecnologia, infra-estrutura, leis e regulamentos;
X. elaborar o plano de infra-estrutura tecnológica de tecnologia da informação da DPU;
XI. definir e integrar a estrutura de processos de tecnologia da informação no âmbito da DPU;
XII. elaborar os manuais de operação dos sistemas administrativos em uso na DPU;
XIII. documentar e normalizar os sistemas associados aos processos institucionais da DPU;
XIV. elaborar e gerenciar a execução do Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação da DPU;
XV. elaborar o planejamento das atividades relativas ao desenvolvimento de sistemas de informática;
XVI. acompanhar os projetos afetos à gestão da tecnologia da informação em execução na Secretaria-Geral Executiva;
XVII. propor normas e procedimentos para a elaboração e acompanhamento de planos anuais e plurianuais, concernentes às unidades integrantes do Sistema de Informática;
XVIII. planejar, gerenciar e exercer as atividades de busca de soluções técnicas de software junto ao mercado;
XIX. executar as atividades destinadas à elaboração da documentação dos sistemas administrativos, dos formulários e dos manuais de usuários;
XX. racionalizar rotinas administrativas para a implantação e utilização dos sistemas informatizados;
XXI. padronizar a documentação relativa aos sistemas desenvolvidos no âmbito da DPU;
XXII. catalogar e atualizar a biblioteca de programas e sistemas desenvolvidos no âmbito da DPU;
XXIII. gerenciar e divulgar as normas técnicas de informática no âmbito da DPU.

end faq

 

Organograma da Administração Superior da DPU

 

organograma Secretaria da Tecnologia da Informação Secretaria de Orçamento e Finanças Secretaria de Logística e Patrimônio Secretaria de Gestão de Pessoas Secretaria de Gestão do Conhecimento Secretaria de Execução Orçamentária e Financeira Secretaria de Assuntos Jurídicos Secretaria de Acompanhamento e Orientação da Gestão Secretaria de Auditoria Secretaria de Atuação no Sistema Penitenciário Nacional e Conselhos Penitenciários Secretaria de Atuação Itinerante Secretaria de Conciliação Extrajudicial e Educação em Direitos Secretaria de Assuntos Internacionais Secretaria de Direitos Humanos Escola Superior da Defensoria Pública da União Secretaria Geral Executiva Secretaria-Geral de Controle Interno e Auditoria Secretaria-Geral de Articulação Institucional Assessoria de Atuação no Supremo Tribunal Câmaras de Coordenação e Revisão Assessoria Jurídica Assessoria de Assuntos Legislativos Assessoria de Comunicação Social Assessoria de Planejamento, Estratégia e Modernização da Gestão Conselho Superior da Defensoria Pública da União Defensor Público-Geral Federal Subdefensor Público-Geral Federal Corregedoria Geral Defensoria Pública da União Gabinete do Defensor Público Federal Assessoria de Cerimonial e Eventos