SAI - Secretaria de Assuntos Internacionais

 

A Secretaria de Assuntos Internacionais (SAI) estabelece, mantém e desenvolve os vínculos da DPU com instituições, nacionais ou estrangeiras, em assuntos internacionais e atua como ponto de contato da DPU com congêneres no exterior ou organismos de outros países. Também coordena, acompanha e apóia a atuação da DPU no âmbito da cooperação jurídica e técnica internacional, além de prover serviços de intérprete e tradução de correspondências, relatórios, publicações, textos técnicos e outros documentos. A SAI idealiza e auxilia na organização de eventos de caráter internacional no Brasil e no exterior e sistematiza e impulsiona proposições de autoridades estrangeiras e organismos nacionais e internacionais. Além disso, propõe políticas, diretrizes e normas com rotinas e procedimentos relativos às matérias de sua competência, realiza estudos, pesquisas e eventos relacionados às suas iniciativas e desempenha outras atividades relativas a assuntos internacionais que lhe forem atribuídas pelo Secretário-Geral ou pelo Departamento de Planejamento e Gestão Financeira (DPGF).

Secretário: 

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Coordenações

  • Coordenação de Assistência Jurídica Internacional | Caio Noronha Matos | 3318-4380

  • Coordenação de Cooperação e Relações Internacionais | Christiane Brandão Teles Nogueira | 3318-4364/4378

Regimento

SUBSEÇÃO I

DA SECRETARIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS

Art. 76. À Secretária de Assuntos Internacionais incumbe, especificamente:
I. estabelecer, manter e desenvolver as relações da DPU com outras instituições, nacionais ou estrangeiras, em assuntos internacionais;
II. coordenar, acompanhar e apoiar a atuação da DPU no âmbito da cooperação jurídica internacional e da cooperação técnica internacional;
III. atuar como ponto de contato da DPU com seus congêneres no exterior ou com os organismos internacionais, recebendo e transmitindo informações;
IV. organizar e dar impulso às proposições emanadas de autoridades estrangeiras, organismos nacionais e internacionais;
V. idealizar, propor, viabilizar e auxiliar a organização de eventos de caráter internacional que forem realizados tanto no Brasil quanto no exterior;
VI. providenciar serviços de intérprete e a tradução de correspondências, relatórios, publicações, textos técnicos e outros documentos quando necessário;
VII. propor políticas, diretrizes e normas, estabelecendo rotinas e procedimentos relativos às matérias de sua competência;
VIII. promover a realização de estudos, pesquisas e eventos relacionados às suas atividades;
IX. desempenhar outras atividades relativa a assuntos internacionais que lhe forem atribuídas pelo Secretário-Geral ou pelo DPGF.

Parágrafo único. A Secretaria de Assuntos Internacionais subdividir-se-á em Coordenação de Cooperação e Relações Internacionais e Coordenação de Assistência Jurídica Internacional.

Art. 77. São atribuições da Coordenação de Cooperação e Relações Internacionais:
I. coordenar a articulação entre a DPU e o Ministério das Relações Exteriores, postos diplomáticos, organizações internacionais, instituições estrangeiras e outras entidades públicas, relativamente à cooperação mútua e ao intercâmbio de informações;
II. auxiliar na articulação e atribuições da DPU nos foros internacionais, pontuais ou permanentes, para os quais esta seja convidada ou seja membro, prestando assessoramento e atuando como cerimonial nos eventos que porventura ocorram no exterior, se necessário;
III. participar da proposição, análise, elaboração, implementação e monitoramento de projetos de cooperação técnica bilateral e multilateral com as instituições homólogas à DPU em outros países, bem como com instituições estrangeiras e organizações internacionais que desenvolvam atividades de interesse da DPU;
IV. organizar o programa das visitas de autoridades e delegações estrangeiras à DPU;
V. providenciar a obtenção de passaportes e vistos e adotar medidas necessárias para viabilizar viagens oficiais ao exterior de autoridades e de servidores da DPU;
VI. desempenhar outras atividades típicas de cooperação e relações internacionais que lhe forem atribuídas pelo Secretário de Assuntos Internacionais.

Art. 78. São atribuições da Coordenação de Assistência Jurídica Internacional:
I. coordenar a assistência jurídica em âmbito internacional prestada às pessoas em condição de vulnerabilidade socioeconômica, brasileiros ou estrangeiros, em conformidade com legislação nacional, além dos tratados e acordos assinados pelo Brasil;
II. participar da proposição, análise, elaboração, implementação e monitoramento de políticas gerais para a DPU relativas à prestação da assistência jurídica em âmbito internacional;
III. manter registros atualizados dos atendimentos realizados a brasileiros e estrangeiros em questões internacionais, além de produzir relatórios sobre sua atuação quando demandada;
IV. relacionar-se com instituições nacionais e estrangeiras desenvolvam atividades relativas à prestação da assistência jurídica em âmbito internacional;
V. desempenhar outras atividades típicas da área de assistência jurídica internacional que lhe forem atribuídas pelo Secretário de Assuntos Internacionais.

end faq

 

Organograma da Administração Superior da DPU

 

organograma Secretaria da Tecnologia da Informação Secretaria de Orçamento e Finanças Secretaria de Logística e Patrimônio Secretaria de Gestão de Pessoas Secretaria de Gestão do Conhecimento Secretaria de Execução Orçamentária e Financeira Secretaria de Assuntos Jurídicos Secretaria de Acompanhamento e Orientação da Gestão Secretaria de Auditoria Secretaria de Atuação no Sistema Penitenciário Nacional e Conselhos Penitenciários Secretaria de Atuação Itinerante Secretaria de Conciliação Extrajudicial e Educação em Direitos Secretaria de Assuntos Internacionais Secretaria de Direitos Humanos Escola Superior da Defensoria Pública da União Secretaria Geral Executiva Secretaria-Geral de Controle Interno e Auditoria Secretaria-Geral de Articulação Institucional Assessoria de Atuação no Supremo Tribunal Câmaras de Coordenação e Revisão Assessoria Jurídica Assessoria de Assuntos Legislativos Assessoria de Comunicação Social Assessoria de Planejamento, Estratégia e Modernização da Gestão Conselho Superior da Defensoria Pública da União Defensor Público-Geral Federal Subdefensor Público-Geral Federal Corregedoria Geral Defensoria Pública da União Gabinete do Defensor Público Federal Assessoria de Cerimonial e Eventos