Rio de Janeiro, 25/04/2013 – Unir esforços por uma atuação cada vez melhor em Direito Previdenciário. Esse é o objetivo da criação da Comissão de Previdência Social da 57ª Subseção Barra, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) - seccional Rio de Janeiro, que reúne vários profissionais de diferentes áreas do Direito. A ideia é incentivar pesquisas, realizar estudos, produzir artigos e trocar experiências sobre o tema. A Defensoria Pública da União (DPU) está representada pelos defensores públicos federais Carlos Eduardo Santos Wanderley e Igor de Andrade Barbosa, ambos atuantes no Rio de Janeiro.

Na tarde da quinta-feira (18), os defensores participaram da solenidade de nomeação e posse dos integrantes da nova Comissão, realizada na sala de reuniões da sede administrativa da OAB/Barra.

O defensor público-chefe no Rio de Janeiro, Carlos Wanderley, considera que a DPU poderá contribuir muito, pois possui ampla experiência no assunto, já que cerca de 60% da demanda da instituição é previdenciária.

Eleito presidente da Comissão, o advogado Herbert Klimger Afonso Alencar destacou a importância de a população poder contar com advogados especializados na área previdenciária.

Já para Igor Barbosa, que também é membro da Comissão de Previdência Social da OAB/RJ, a parceria, agora formalizada, não é novidade. No final do ano passado, o defensor proferiu palestra, na sede da OAB/Barra, sob o título Dicas de como advogar em Direito Previdenciário. O certificado conferido pela Escola Superior de Advocacia foi entregue durante a cerimônia de quinta-feira.

Compuseram a mesa da solenidade, além do defensor Carlos Wanderley e do presidente da Comissão, Herbert Alencar, o vice-presidente, Dennis Cincinatus e a secretária-geral, Izes Margareth S. Calazans Ouro.

Assessoria de Imprensa
Defensoria Pública da União