Laranjal do JariBrasília - A Defensoria Pública da União (DPU) realizou mutirão de atendimento jurídico itinerante em Laranjal do Jari, a 290 quilômetros de distância da capital do Amapá, no período entre os dias 3 e 7 de novembro.

Laranjal do JariDurante os dias de mutirão, foram realizados 120 atendimentos, dos quais cerca de 95% das demandas envolviam questões de previdência social, como aposentadoria.

De acordo com o servidor Jorge Jaegger, o mutirão foi marcante pela dificuldade de acesso ao local, pois foi necessário transpor 16 pontes de madeiras sobre os rios da região para chegar à comunidade, organizar a estrutura do mutirão e atender as pessoas que aguardaram pacientemente sob elevadas temperaturas.

“Senti o sabor do que é ser servidor público”, afirmou ele, que destacou iniciativas como visita à rádio da cidade no maior programa de audiência local e a presteza no atendimento, que marcaram a imagem da DPU na comunidade.

Na comunidade, situada a seis horas da capital, os cidadãos foram atendidos pelos defensores Lídia Carolina Pinotti Rodrigues, André Del Fiaco e Wilza Carla Folchini Barreiros, acompanhados dos servidores Jorge Givaldo Menezes Jaegger e Patrick Magno Nunes Pereira.

MRA/DSO
Assessoria de Comunicação Social
Defensoria Pública da União